Curso acreditado pela A3ES | Processo nº CEF/0910/26361 de 10-07-2012.

Duração / Grau ou Diploma conferido / ECTS

3 Anos (6 Semestre) / Licenciado / 180 ECTS

Direção do curso

PedroFerreira1

Prof. Doutor Pedro Ferreira 

RuiVeiga

Prof. Especialista Rui Veiga

Informações

243 305 880 / 935 048 806
info@islasantarem.pt

Formas de Acesso

  • Via 12º ano e provas de ingresso
  • Maiores de 23 anos
  • Mudança de curso
  • Reingresso
  • Titulares de CET ou TESP
  • Titulares de Cursos Médio ou Superior
  • Estudantes internacionais

Provas de ingresso

O seguinte par de provas:

  • 07 - Física e Química
  • 16 - Matemática

Apresentação

O domínio da segurança no trabalho tem ganho importância crescente em função da velocidade de evolução, quer das tecnologias implementadas nas organizações, quer da própria organização das empresas. O curso de Engenharia da Segurança do Trabalho adota um modelo de formação técnica e científica que permite aos futuros licenciados corresponder às necessidades das organizações modernas onde se privilegia a cultura preventiva face aos riscos.

Assim, o curso de Engenharia da Segurança no Trabalho visa formar pessoas com capacidade de intervenção ativa nas políticas de segurança, no desenvolvimento de planos e programas de prevenção, na implementação de formação e na criação de modelos de informação, bem como na identificação de perigos e na avaliação e controlo de riscos, associados às atividades empresariais.

Objetivos

A licenciatura em Engenharia da Segurança do Trabalho tem por objetivo formar diplomados/as com as seguintes competências:

  • Aplicar os princípios, modelos e técnicas de planeamento à organização do sistema gestão da prevenção de riscos e à elaboração do plano de prevenção de riscos profissionais;
  • Identificar as situações que exigem a elaboração de planos específicos de prevenção e de proteção;
  • Utilizar os métodos e as técnicas adequadas à avaliação dos riscos associadas às condições de segurança e higiene no trabalho, aos fatores ergonómicos e psicossociais e à organização do trabalho;
  • Aplicar técnicas de conceção de programas e de elaboração de conteúdos de formação e de sensibilização;
  • Identificar nos diversos setores da empresa os dados necessários à gestão do sistema de prevenção.

Homologações e acreditações

Curso homologado pelo ACT - Autoridade para as Condições de Trabalho, dando acesso ao Certificado de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho - Nível 6.

Curso acreditado pela Ordem dos Engenheiros Técnicos (OET) habilitando à inscrição no colégio de Engenharia de Segurança.

Razões para frequentar este curso

  • Ingressar num curso acreditado pela A3ES com avaliação máxima;
  • Obter um diploma de ensino superior num curso acreditado pela Ordem dos Engenheiros Técnicos (OET);
  • Curso homologado pela Autoridade para as Condições de Trabalho conferindo Certificado de Aptidão Profissional Nível 6;
  • Ter acesso ao Programa Erasmus+ de mobilidade na Europa;
  • Desenvolvimento de projeto no final do curso em ambiente empresarial;
  • Interagir com um corpo docente com elevada qualificação académica e com uma vasta experiência profisisonal;
  • Frequentar um curso com uma taxa de emprego muito acima da média nacional para a área. 

Saídas profissionais

Os/As licenciados/as em Engenharia da Segurança do Trabalho serão capazes de desempenhar um leque vasto de funções de onde se destacam:

  • Auditor/a Coordenador/a de Segurança do Trabalho;
  • Inspetor/a do Trabalho;
  • Quadro de comando de Corpos de Bombeiros;
  • Responsável por sistemas de SST, Qualidade e Ambiente;
  • Responsável na área da Segurança e Saúde do Trabalho;
  • Técnico/a de Proteção Civil ao nível das Autarquias Locais;
  • Técnico/a de Segurança e Higiene do Trabalho;
  • Técnico/a Superior em órgãos da Administração Central, Regional e Local;
  • Técnico/a Superior da Proteção Civil;
  • Docente e/ou investigador/a.

Para além de competências de carácter específico, pretende-se reforçar os valores sociais e culturais de:

  • Abertura à mudança e inovação;
  • Empreendedorismo;
  • Responsabilização ética, profissional e social;
  • Aprendizagem ao longo da vida com elevado grau de autonomia;
  • Capacidade de comunicação, tanto para públicos especialistas, como para não especialistas;
  • Postura crítica, construtiva, criativa e de rigor;
  • Sensibilidade aos aspetos humanos, sociais, económicos e ambientais.

Informação complementar

Acesso ao CCP (CAP) de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho.

Estudos futuros

Os licenciados em Engenharia da Segurança do Trabalho têm acesso a cursos de 2.º ciclo (mestrado) na áreas científicas da segurança e/ou da gestão. 

Equipamentos e Instalações

A Instituição dispõe de múltiplos espaços adequados ao ensino e formação e particularmente aos cursos que ministra ao nível da formação teórica, bem como ao nível de formação prática e laboratorial.

O curso de Engenharia da Segurança do Trabalho dispõe de Salas de Aula, Laboratórios de Informática, Laboratórios de Química, Microbiologia e SHT, software projeCad Professional, Pacotes SPSS e AMOS para tratamento estatístico de dados e todas as condições necessárias e adequadas às respetivas unidades curriculares. Os estudantes dispõem ainda de Biblioteca, Sala de Estudo, Bar e Cantina.

Adicionalmente a instituição dispõe de rede WiFi gratuita cobrindo todas as instalações; Videoprojetor fixo em todas as salas e laboratórios, Portáil (requisição), PHC software para simulação empresarial, Microsoft Campus Agreement (inclui Office 365 gratuíto para estudantes), Secretaria digital (NETPA) e plataforma Moodle para apoio ao processo ensino/aprendizagem.

Vagas

25 (Abertura do curso sujeita a número mínimo de inscrições)

Regime de funcionamento

  • Diurno
  • Pós-laboral

Documento de autorização

Área científica

Segurança e Higiene no Trabalho

Plano de Estudos

1º Ano
Semestre
Unidades CurricularesECTS
Matemática I 6
Física I 5
Química I 5
Microbiologia 4
Anatmofisiologia Dinâmica 4
Fundamentos da Segurança e Higiene do Trabalho 6
Matemática II 6
Física II 6
Química II 6
Direito da Segurança e Higiene do Trabalho 5
Materiais e Tecnologia da Construção 7
  Total 60
2º Ano
Semestre
Unidades CurricularesECTS
Estatística I 6
Ergonomia 7
Processos de Fabrico e Tecnologias dos Materiais 7
Desenho Técnico e Interpretação de Projectos 6
Gestão das Organizações 4
Estatística II 6
Saúde Ocupacional 6
Avaliação e Controlo de Riscos 6
Psicossociologia do Trabalho 3
Conceção e Gestão da Formação 3
Gestão e Coordenação de Projetos 6
  Total 60
3º Ano
Semestre
Unidades CurricularesECTS
Higiene do Trabalho I 7
Segurança do Trabalho I 6
Técnicas de Informação, Comunicação e Negociação 3
Prevenção e Proteção Contra Incêndios 7
Gestão da Prevenção 7
Higiene do Trabalho II 6
Segurança do Trabalho II 6
Organização da Emergência 7
Projeto 11
  Total 60

Corpo Docente

NomeHabilitações académicas | Profissionais
António Augusto Ribeiro Mestre | Especialista
Anabela Vieira Figueiredo Licenciada
Elisabete Maria Pereira Santos Doutora | Especialista
Filipa Isabel Ferreira Martinho Mestre | Especialista
Joana Luís Refoios Noronha Tudella Doutora
José Gil Estevez Doutor
Liliana Carvalho Pereira Doutora
Loide Raquel Ascenso Licenciada
Mónica Alexandra Dias Teixeira Doutora
Pedro Nuno Pacheco Ferreira Doutor
Rui António de Carvalho Veiga Mestre | Especialista
Teresa Margarida Pedroso Cardoso Doutora
Vasco Ribeiro Santos Doutor
Vitor Manuel dos Reis Marques Licenciado | Especialista

Mais informações: http://www.islastr.com

Propina anual

290,00€ x 11 prestações mensais

A propina é anual e a divisão por prestações apenas tem por finalidade facilitar o pagamento.

A propina anual paga de uma só vez, até 8 de setembro de 2019, beneficia de um desconto de 3%.

Emolumentos 

Ano letivo 2019-2020

Candidatura:  75€ 
Matrícula: 125€ 
Inscrição: 210€
Seguro escolar:      40€ 

Protocolos para redução de propinas

Veja aqui as entidades protocoladas para redução de propinas

Apoios existentes para a frequência de uma licenciatura

Existem várias possibilidades de apoio:

  • Qualquer candidato a uma licenciatura pode concorrer às bolsas de estudo do Ministério da Educação e Ciência (Ação Social).
  • Os candidatos do regime normal de acesso (12.º ano) podem concorrer a "Bolsa para os que são da nossa terra".

Veja aqui todas as opções da Ação Social. 

Emolumentos e Propinas Condições de acesso

Brochura Veja aqui a brochura com a oferta formativa 2019-2020